Confira Quais Infrações De Trânsito Causam a Apreensão Do Veículo - Help Recursos

Confira Quais Infrações De Trânsito Causam a Apreensão Do Veículo

Já ouviu falar de apreensão do veículo? Pois é, existem penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) que, além da multa em dinheiro, também privam o proprietário da posse e uso do veículo por determinado período, dependendo da gravidade da infração. Confira o que pode deixar seu xodó de castigo no depósito, segundo o Detran-SP.

Licenciamento atrasado

Veículos sem registro ou licenciamento em dia também é considerado gravíssimo e aí já sabe, né? Multa de R$ 293,47 – sem falar da retenção no depósito.

Placa ilegível

Se qualquer uma das placas estiver sem condições de leitura ou visibilidade, o proprietário é “presenteado” com uma infração gravíssima e multa de R$ 293,47.

Disputar corrida

“Tirar racha” em vias públicas é sinônimo de infração gravíssima com agravante, que eleva o valor da multa a R$ 2.934,70.

Promover competições

Organizar corridas ou demonstrações sem autorização prévia da autoridade de trânsito também é considerado gravíssimo e pesa no bolso: R$ 2.934,70.

Manobras perigosas

Utilizar o veículo para fazer acrobacias de qualquer tipo – por mais subjetivo que pareça – é considerado gravíssimo e custa R$ 2.934,70 ao proprietário.

Placa adulterada

Placas de identificação em desacordo com as especificações e com o modelo estabelecido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) é infração média, com multa de R$ 130,16.

Identificação irregular

Conduzir o veículo com lacre, inscrição do chassi, selo, placa ou qualquer outro elemento de identificação que tenha sido violado ou falsificado é considerado gravíssimo e, além da apreensão, garante prejuízo de R$ 293,47 ao proprietário.

Sem placa

Nada de dirigir o veículo sem uma das placas de identificação, senão, é infração gravíssima e multa de R$ 293,47.

CNH adulterada

Falsificar ou adulterar a carteira nacional de habilitação (CNH) ou o documento de identificação do veículo? Infração gravíssima e R$ 293,47 na conta bancária!

O que fazer?

Pisou na bola e teve o veículo apreendido? Então, guarde bem a via original do Comprovante de Recolhimento (CRR) ou do Auto de Recolhimento de Documento (ARD), que devem ser utilizados para identificar qual unidade da Polícia Militar fez a remoção. O passo a passo varia de acordo com o local da infração, então, vale seguir as instruções do Detran-SP.

 

Fonte: Revista Auto Esporte.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.

Atendimento Selecione um de nossos contatos abaixo

Geralmente responde em alguns minutos

Unidade de União da Vitória/PR Clique e seja direcionado
Unidade de Guarapuava/PR Clique e seja direcionado
Unidade de Ponta Grossa/PR Clique e seja direcionado
Unidade de Blumenau/SC Clique e seja direcionado
Unidade de Curitiba/PR Clique e seja direcionado
Unidade de Londrina/PR Clique e seja direcionado
Unidade de Canoinhas/SC Clique e seja direcionado
Unidade de Itajai/SC Clique e seja direcionado
Unidade de Joinville/SC Clique e seja direcionado
Unidade de Videira/SC Clique e seja direcionado
Unidade de Araucária/PR Clique e seja direcionado
São José dos Pinhais/PR Clique e seja direcionado
Unidade de Irati/PR Clique e seja direcionado
Unidade de Jaragua do Sul/SC Clique e seja direcionado
Unidade de Balneário Camboriú/SC Clique e seja direcionado
Unidade de Caçador/SC Clique e seja direcionado
Unidade de Colombo/PR Clique e seja direcionado
Unidade de Criciúma/SC Clique e seja direcionado